O Vinil continua vivo

Culto ao Vinil

O LP (Long Play) está cada dia mais vivo e presente na vida dos apaixonados pelo suave chiado, pelo grande formato das capas e encartes e da “cumplicidade” nostálgica na troca de lados – A e B.

As bolachas como são chamados carinhosamente, surgiram nos anos 50 para aposentar os pesados discos de 78 RPM, e reinaram absolutos até a chegada do Compact Disc (CD). Hoje são objetos de colecionadores e considerados por muitos obsoletos.

Mas, o vinil vem se mantendo vivo e ganhando espaço novamente através da iniciativa de gravadoras que continuam a lançar o trabalho de seus artistas no formato. BNegão, Daniel Belleza & Os Corações em Fúria, Móveis Coloniais de Aracaju, Autoramas e Ratos de Porão que venderam mais de mil cópias do LP “Guerra Civil Canibal”.

No vídeo abaixo, a prensagem de um vinil – um raro momento em uma das últimas empresas produtoras de lp’s, a Archer Records.

via Design You Trust, Mundo OI e Rolling Stone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *